Aula de Canto #1: O começo de tudo

Na segunda-feira de 13 de outubro de 2014, finalmente realizei o projeto de começar a fazer aulas de canto. Esse tem sido um sonho que começou em janeiro deste ano e agora eu finalmente pude realizá-lo, pela graça de Deus. Esta categoria, “Aula de Canto”, contará minha trajetória nesse aprendizado maravilhoso, e a ideia é fazer um post para cada aula. Tô um pouco atrasadinha pois a primeira aula foi há quase 2 semanas, mas vamos lá. Ah, este texto foi escrito há 1 semana. 🙂

Eu até tentei parecer normal diante da professora (que deve ser no máximo 10 anos mais velha que eu), mas não consegui: a empolgação e a emoção foram grandes demais para eu manter 100% da sanidade. Contei brevemente (?) meu histórico a ela, comentando o porquê de eu estar ali. Passamos um bom tempo falando sobre música e vozes e o cantar e essa parte já foi bem legal. Até que passamos à estrutura mesmo da aula: primeiro, aquecimento para o corpo todo, tipo ginástica laboral, já que, segundo ela, o canto é algo que utiliza o corpo inteiro; segundo, aquecimentos vocais, o bom e velho RRRRRRRRRR na garganta e derivados; terceiro, vocalizes para aperfeiçoar aspectos específicos da voz; e, finalmente, o cantar em si, que nem deu tempo de fazer na primeira aula e farei na próxima aula com 5 músicas minhas que levarei e serão a base para os nossos trabalhos. Preciso dizer que ESSA é a parte que tá me deixando deliciosamente ansiosa? Desde segunda-feira que tento decidir quais serão essas 5 lindas músicas, que devem ser canções que eu já cante no dia-a-dia e não muito complicadas. Ah, e 2 devem ser em português e eu simplesmente só me vejo com 1 opção nesse caso. Sugestões?

LÓGICO que ela falou da tão famigerada respiração diafragmática, não é mesmo? E é isso que tá me deixando mais negativamente ansiosa, já que eu basicamente tenho que reaprender a RESPIRAR, uma coisa que faço inconscientemente desde que nasci! Tô com aquela ansiedade de que só vou aprender isso daqui a uns 87 anos (no mínimo), mas fiquei feliz de perceber que não é difícil de fazer (ao contrário do que pareceu em um vídeo que assisti no começo do ano) e que as vantagens de se fazer são MUITAS, como a questão de segurar determinadas notas por mais tempo e gastar menos as pregas vocais. E é legal fazer também haha!

E, passando alguns minutos do tempo original, terminei minha primeira aulinha ainda feliz e empolgada, indícios de que esse aprendizado do canto veio para ficar mesmo. Que alegria é ter a oportunidade de aprender mais sobre algo que me fascina e me move maravilhosamente! E quando penso no futuro e no que posso alcançar através desses 50 minutos semanais, aí é que meu coração se enche mesmo. ❤

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s