Review: Kelly Clarkson – Wrapped in Red (2013)

kellywrapped

Como já comentei na Playlist 31 Músicas Natalinas e Mágicas, eu não tinha o hábito de escutar músicas natalinas até Kelly Clarkson, minha cantora favorita, inspiração profissional e diva do pop, lançar o primeiro single do Wrapped in Red, Underneath The Tree. Depois disso veio o lançamento do álbum propriamente dito e eu percebi que essa coisa de música de Natal era uma delícia, algo que eu deveria conhecer mais e incorporar às minhas tradições natalinas, como já acontece hoje. O fato é que o Wrapped in Red foi lançado em dezembro de 2013 e eu continuei escutando o álbum durante 2014 como se fosse um álbum “normal”, um conjunto de músicas boas e com qualidade altíssima. É por essas e outras que ele é meu álbum natalino favorito e vai ganhar review aqui no Fatia de Música! ❤

Tudo começa com a música que dá nome ao álbum, Wrapped in Red. Eu sou completamente apaixonada pela melodia, pelos arranjos, pelos efeitos na voz da Kelly e, especialmente, pela letra, que representa uma pessoa disposta a arriscar tudo para viver o amor tão desejado durante a época natalina. Se vai dar certo, não sabemos. Mas esquecemos de todas as dores de amor enquanto gritamos que não estamos com medo de nos apaixonar. O disco segue com o mencionado single, Underneath The Tree, sem dúvida uma das músicas mais pop e comerciais de todas, mas nem por isso ruim, até porque sua letra apaixonante e seu clipe no auge da fofura jamais permitiriam sentimentos negativos em relação a ela. Seguimos com Have Yourself a Merry Little Christmas e ela é uma das minhas músicas natalinas preferidas na vida. A técnica vocal perfeita de Kelly, a letra inspiradora e o arranjo diretamente retirado de filmes épicos da Disney me fazem entrar em uma atmosfera de magia e contemplação que poucas canções conseguem. É o poder de uma música. Aliás: da música em geral.

Run, Run, Rudolph continua a nos inserir no universo das músicas clássicas do Natal americano e é a canção mais animada e rock ‘n roll do álbum, sendo, assim, uma que eu adoro! O blues e o jazz começam a mostrar suas influências a partir de Please Come Home For Christmas e continuam firmes em Every Christmas e Blue Christmas (famosa na voz de Elvis Presley e outra que eu adoro justamente por causa dessa vibe melancólica deliciosa). Continuamos com Baby, It’s Cold Outside e eu só descobri recentemente que essa música, além de ser um clássico com “C” maiúsculo, ainda ficou famosa através de um musical chamado Neptune’s Daughter. Ela é, possivelmente, a música mais jazz do Wrapped in Red e sentimos todo um ar de sedução e sensualidade no diálogo entre Kelly e Ronnie Dunn.

Cena do filme Neptune’s Daughter em que toca Baby, It’s Cold Outside

Winter Dreams (Brandon’s Song) é a terceira canção original do álbum e, como o próprio nome já diz, foi escrita para o marido de Kelly, Brandon Blackstock. Eu sou completamente apaixonada por essa música e acho o auge da fofura, do romantismo e do estar apaixonada. Ela tem uma melodia em ritmo de valsa que já fornece a atmosfera de sonho de que fala a letra. White Christmas é outra canção retirada de um filme de mesmo nome e possui uma atmosfera mais melancólica, com o eu lírico desejando viver um Natal “branco” como os que viveu em outrora. Acho que My Favorite Things é uma música que não precisa de introdução, né? Um cláááássico de A Noviça Rebelde (um dos meus filmes favoritos!) que fala só sobre coisa boa e dá uma receita infalível para a tristeza ir embora. Confesso que não gostei tanto assim dessa versão, acho que a música acaba ficando cansativa quando Kelly sobe o tom no final, mas é Natal, é Kelly, é Fraulein Maria e a gente perdoa!

4 Carats é a música mais assanhadinha do álbum, uma espécie de mistura entre Material Girl (da Madonna) e Santa Baby (da Eartha Kitt), segundo a própria Kelly. A melodia é tipicamente pop e tem uma vibe dançante anos 60 que eu, particularmente, acho deliciosa. A atmosfera da música é de uma sensualidade divertida e até, quem sabe, um pouco exagerada considerando o contexto de um álbum natalino. Chegamos em Just For Now, sem dúvidas a canção mais triste do Wrapped in Red. A letra relata fatos que acontecem na noite de Natal e o eu lírico desesperadamente tenta fazer tudo ficar bem, pelo menos durante essa época do ano. É uma música bastante forte e até pesada, principalmente na hora em que Kelly clama para que alguém a tire daquele ambiente.

Chegamos em Noite Feliz, aliás, Silent Night, e Kelly deu um arranjo bastante country a esse clássico, convidando a sogrinha Reba McEntire e a cantora Trisha Yearwood para um featuring que, em minha humilde opinião, ficou meio entendiante. Acho cansativo quando tem harmonia demais em uma música, confesso. Pra mim o álbum acaba aí, já que I’ll Be Home For Christmas é uma gravação antiga de Kelly (mas muito boa, por isso entrou) e Oh Come, Oh Come, Emmanuel é uma baladinha que eu percebi recentemente que tinha me esquecido da existência rs. E assim, oficialmente, termina o Wrapped in Red, sexto álbum de estúdio da Kelly Clarkson, primeiro álbum natalino da cantora e minha primeira paixão em termos de álbuns natalinos. Mas o WIR não é apenas um álbum natalino: é um álbum de pop e jazz. A qualidade em cada aspecto é notável: técnica vocal de Kelly (vocês sabem que sou apaixonada por isso), arranjos, atmosfera natalina e mágica e, principalmente, esse toque de modernidade que faz com que não pareça que se está escutando um álbum de Natal. E é por tudo isso que o Wrapped in Red ganha, pela Associação Fatia de Música de Artes e Ofícios, a classificação máxima de 5 estrelas! É TEEEEEETRA (aliás, É PEEEEEEEENTA)!

 5estrelas

Gostou da review? Qual é seu álbum natalino favorito? Conta pra mim! (:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s