Lista: 6 performances incríveis do Chris Martin

2 de março de 1977: o dia em que o ano ganhou um de seus músicos mais talentosos, lindos e queridos. Christopher Anthony John Martin, a.k.a. meu futuro marido, hoje completa 38 aninhos de muitas letras maravilhosas, melodias sensacionais, fotos perfeitas com seu sorriso e, claro, performances incríveis que marcam a memória de qualquer coldplayer. E já que hoje é o dia dele, vamos comemorar relembrando esses momentos em que Chris mostrou o seu melhor ao estar no lugar ao qual sempre pertenceu: os palcos. E qual tal aproveitarmos a oportunidade para fazer também uma viagem pela carreira do Coldplay? Portanto, serão 6 performances, cada uma relativa a um álbum da melhor banda do universo! ❤

Is anybody out theeeeeeeere?

1. Trouble (Era Parachutes – 2000)

Ah, como não amar baby Chris? Na verdade, como não ficar impressionada com os ~primórdios~ do Coldplay em geral: show em festival para umas 200 pessoas (no máximo), os meninos vestindo moletons e camisas da C&A e o Chris já mostrando o quão divertido é ao ironizar que eles seriam grandes na Alemanha. Na época ele podia até estar brincando, mas sabemos muito bem no que isso deu: uma das maiores e mais bem sucedidas bandas do mundo. Profetiza pra mim também, Chris!!!

2. Politik (Era A Rush Of Blood To The Head – 2003)

Um momento muito importante acontece durante esta performance absolutamente inesquecível, imortalizada no Grammy de 2003: ~PIANO DANCING~. Como pude esquecer de comentar que Christopher Martin é especialista nesta arte milenar que é quase uma prática olímpica de tão complexa? Poucas pessoas dominam com maestria esta atividade como ele, que hipnotiza com seus movimentos violentos que já ameaçaram a estrutura de incontáveis banquinhos ao redor do mundo. Não tema, amado meu: ninguém nunca, jamais tomará seu lugar como Rei do Piano Dancing. Now, please, continue.

PS: Notem como ele já está mais arrumadinho e como também mostra outra de suas qualidades: a ausência de afinação constante rs.

3. White Shadows (Era X&Y – 2006)

Como, me digam COMO esta performance não entraria nesta lista? Ela é épica por diversos motivos. Vejamos:

1. Chris surtando completamente no palco: CHECKED;

2. Chris tentando subir na parede de LED: CHECKED;

3. Chris deitando com Johnny Buckland ao final e levando todos os fãs do Buckin Love à loucura: CHECKED.

Essa performance de White Shadows representa bem essa fase em que o Chris parecia um maníaco no palco e claro que todos adoramos isso pois adoramos pessoas loucas. ❤

4. The Hardest Part/Postcards From Far Away (Era Viva La Vida – 2009)

Porque Chris Martin em sua melhor forma é SEMPRE Chris Martin e seu piano. Eu sinto MUITA falta disso na era atual do Ghost Stories, em que há tão poucas canções simplesmente no piano, as quais geralmente deixam o Chris brilhar tanto vocalmente quanto em seus conhecimentos do instrumento. Esse medley em especial é um dos meus acústicos preferidos do Coldplay, com uma versão especial de The Hardest Part emendando com Postcards From Far Away, belíssima música instrumental que foi incluída no EP Prospekt’s March. Simplesmente um deleite.

PS: Vale notar alguns aspectos épicos da Era Viva la Vida, como os figurinos lindíssimos e com referências históricas e a produção de palco com o piano e o microfone coloridos. Um capricho e a melhor era de todas, segundo muitos fãs (tipo euzinha).

5. Charlie Brown (Era Mylo Xyloto – 2011)

Podem falar o que quiser da Era Mylo Xyloto (e falam mesmo), mas é inegável que Charlie Brown é uma música absurdamente apaixonante. Por mais que você não goste das influências pop, das cores, das luzes ou até mesmo da letra que não faz muito sentido, é simplesmente impossível não gritar, pular e se emocionar com essa música. Chris, em especial, sempre se empolga ao cantá-la e levanta a plateia para que todos fiquem numa mesma sensação: glowing in the dark.

PS: Esta foi a primeira performance de Charlie Brown EVER! Lembro demais dessa época em que as novas músicas do Mylo Xyloto saíam loucamente nos festivais e nós surtávamos tentando compreendê-las e aprendê-las. Bons tempos.

6. True Love (Era Ghost Stories – 2014)

E chegamos à era atual da nossa banda favorita e ao estágio atual de Chris Martin: um performer competente que passa a sua mensagem de uma linda forma. Adoro essa apresentação pois mostra o Chris como um homem sensível, angustiado e, ao mesmo tempo, um músico que se expressa através da sua música e simplesmente toma tempo para senti-la. Destaque para a dancinha com os braços abertos, afinal, ele também é um exímio dançarino espontâneo, o que só nos faz amá-lo ainda mais.

Após essa análise, podemos concluir que passamos por todas as fases do Chris: universitário, dançarino, destruidor de banquinhos, revolucionário da Revolução Francesa, possível estudante de aulas de canto e frequentador de rehabs e, claro, interesse amoroso de Johnny Buckland. Mas, acima de tudo, Christopher Anthony John Martin é um músico talentosíssimo que não tem medo de se expor no palco e confessar seus medos mais profundos por meio de suas músicas. Some a isso o amor e o respeito com que ele trata seus fãs e você tem uma pessoa para admirar para o resto da vida, sempre torcendo pela sua felicidade e pela sua alegria!

Happy 38th Birthday, Chris! We love you so freaking much. ❤

Gostou da seleção de performances? Faltou alguma apresentação ÉPICA do Chris que você gostaria de ver aqui? Conta pra mim nos comentários! :3

BÔNUS:

Sem dúvida uma das maiores honras da carreira do Coldplay foi tocar no encerramento das Paraolimpíadas de 2012, ocasião em que Chris pode fazer uma belíssima performance de Strawberry Swing ao lado da Paraorquestra Britânica. Pura magia e emoção.

PS: Aproveitando este momento em que seu amor pelo Coldplay provavelmente aumentou, que tal conferir 5 motivos para que ele aumente ainda mais? ❤

Créditos da imagem que ilustra o post aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s