Lista: 5 dicas para cuidar da sua voz

Feliz Dia da Voz pra todo mundo, afinal, todo mundo tem VOZ, né? Hahaha! E para comemorar direitinho esse dia 16 de abril (que no caso foi ontem mas relevaremos isso rs), decidi criar uma lista com 5 dicas valiosas para que essa parte maravilhosa de vocês esteja sempre em forma! Afinal, a voz

“[…] consiste no som produzido pelo ser humano usando suas cordas vocais para falar, cantar, gargalhar, chorar, gritar, etc.” (2015, WIKIPEDIA) -q

Atualmente os profissionais da voz preferem o termo “pregas vocais” em vez de “cordas vocais”, inclusive. E o que são pregas vocais? São um tecido musculoso, e, tendo essa natureza, podem se esticar, se contrair, se mexer e trabalhar maravilhosamente para produzir os lindos sons que escutamos através do canto. Portanto, vamos aprender a cuidar melhor delas? ❤

1. Beba muita água

Enquanto conversava com meu coleguinha a respeito desta lista, chegamos à conclusão de que ela inteira poderia ser composta por “BEBA ÁGUA”. Sério, não tem como eu frisar o suficiente o QUANTO que é importante beber o máximo de água possível. Sabiam que durante as aulas de canto eu vivo bebendo água? Após um aquecimento, um vocalize, uma conversa. O raciocínio é simples: sem água, as pregas vocais ficam ressecadas. Estando ressecadas elas precisarão fazer mais esforço para produzir o som e isso não fará bem à sua estrutura. Com pregas doentinhas, o som sai ruinzinho. E não é isso que queremos em nossas cantorias, não é mesmo?

2. Evite falar assim que acordar

Quando acordamos, nosso corpo inteiro está em estado de ressecamento, o que, obviamente, inclui as pregas vocais. Sendo assim, elas precisam de tempo para retomarem o ritmo e estarem aptas a encarar o cotidiano cheio de situações em que precisamos nos comunicar. Portanto, não force a voz: acorde e dê tempo para suas preguinhas ~reiniciarem o sistema~ e estarem prontas para o trabalho!

3. Evite bebidas geladas

Isso daí até a nossa avó sempre soube: bebida gelada faz mal para a garganta SIM! Por quê? Por causa de uma coisinha chamada ~choque térmico~. Suponhamos que você esteja em uma animada conversa com a sua BFF sobre aquele boy magia maravilhoso. Daí ela te oferece uma Coca geladinha e você prontamente aceita e toma. Cenário: suas pregas vocais estavam aquecidíssimas por causa da conversa e de repente você joga uma ~corrente~ de água gelada em cima delas. Não preciso dizer que isso não vai dar certo, né? E até quando suas pregas estão em repouso, elas certamente se encontram em uma temperatura mais alta que qualquer bebida vinda da geladeira.

4. Não eleve a voz

Talvez faça sentido dizer que o brasileiro é um povo que gosta de falar ALTO. Nos barzinhos, nas faculdades, nas escolas, nos escritórios, nas igrejas… em basicamente qualquer ambiente social é possível encontrar alguém falando mais alto do que o normal. Aí eu pergunto a vocês: faz sentido gastar sua preciosa voz com aquela fofoquinha ou com aquele problema no trabalho? Não, né? Isso é uma coisa que eu tenho aprendido bastante no dia a dia: o fato de que eu não preciso levantar a voz para as pessoas me escutarem. Afinal, assim como eu tenho pregas vocais para administrar, elas têm ouvidos para exercitar, uai!

5. Sem pigarro!

Sabe aquela coisinha que você faz pra “limpar a garganta” quando algum tipo de secreção se acumula lá? Yeah… NÃO FAÇA ISSO. Josie, minha professora de canto, é completamente contra pigarrear. Ela pegou no meu pé quando percebeu que eu tinha o hábito de fazer isso ao ficar nervosa com meus erros na aula e hoje em dia eu estou ~bem~ melhor, praticamente não faço mais. Ou seja: nada de “limpar” a garganta com pigarro. Limpem com a única coisa que faz sentido: ÁGUA.

DICA EXTRA: Consulte um otorrinolaringologista/fonoaudiólogo

Ter o cuidado de um profissional especializado é sempre bom, não é mesmo? Então se você estiver sentindo dores ou incômodos constantes na garganta, vá logo conversar com um otorrinolarsauddndossldosya otorrinolaringologista para descobrir o que que tá acontecendo! E se o caso for alguma probleminha na fala ou na dicção, um fonoaudiólogo pode te ajudar bastante! Eu já fiz algumas sessões quando criança. (;

Espero que as dicas ajudem vocês a cuidar melhor dessa parte do nosso corpo às vezes tão desvalorizada e esquecida, porém essencial no nosso dia a dia! E vale lembrar que isso aqui vale pra todo mundo, hein? Não é porque você não trabalha com a voz que pode deixar a bichinha ao ~relento~! Afinal, sempre vai chegar aquele dia em que você vai querer extravasar e vai sair alguma coisa mais ou menos assim:

Boas cantorias!

 PS: Já conferiu o vídeo lá do canal sobre respiração diafragmática? (:

 

Anúncios

2 comentários sobre “Lista: 5 dicas para cuidar da sua voz

    • Manuela Moraes disse:

      HAHAHA MENTIRA, LEE? Mds alguém tentou me imitar… tem alguma maneira de isso não ter saído bizarro? Hahaha!
      Bem, de todo modo fico feliz por ter acrescentado em alguma coisa, amore! :3

      Obrigada pelo comentário e pelo carinho de sempre!
      Beijão :*

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s